1. Home
  2. NEGÓCIOS
  3. Amadeus tem prejuízo de US$ 1.6 bilhão

Amadeus tem prejuízo de US$ 1.6 bilhão

0
0

O impacto da pandemia de covid-19 no sector das viagens e turismo é evidenciado pelo Amadeus, uma das companhias mais lucrativas do mundo, que teve um ‘rombo’ de US$ 1.618,5 milhões no resultado líquido, passando de US$ 1.113,2 milhões de lucro em 2019 para um prejuízo de US$ 505,3 milhões em 2020.

O balanço do Amadeus evidencia que ‘o problema’ esteve do lado da receita, que teve uma quebra de 61% ou US$ 3.396,1 milhões de euros, para US$ 2.174 milhões, já que do lado dos custos até pode celebrar uma redução de US$ 500 milhões, segundo indica no documento.

A quebra de receitas foi de 77,1% ou US$ 2.415 milhões de euros na área que denomina por Distribuição, e que é principalmente o processamento de reservas de voos por agências de viagens, e a área que denomina por IT Solutions, e que é principalmente a actividade gerada pela sua solução Altéa para gestão de passageiros das companhias de aviação, teve um decréscimo dos proveitos em 40,2% ou US$ 981,1 milhões de euros.

Os proveitos de Distribuição ficaram em US$ 715,6 milhões de euros e a IT Solutions gerou US$ 1.458,4 milhões, ‘invertendo’ a proporção verificada nos anos anteriores, como por exemplo em 2019, ano em que a Distribuição teve receitas de US$ 3.130,6 milhões e a IT teve US$ 2.439,5 milhões.