1. Home
  2. DESTINOS
  3. Itália aberta para o turismo

Itália aberta para o turismo

0
0

A Itália anunciou que vai voltar a receber turistas, mas seguindo regras estabelecidas para salvaguardar a saúde de todos. A notícia foi dada pela Agência Nacional de Turismo da Itália (Enit). Já é possível circular livremente em todo o país e visitar qualquer serviço, como museus e centros culturais, hotéis, bares e restaurantes, usufruir de aeroportos, estações ferroviárias e serviços de transportes, que já estão operando, além de acampamentos, cabanas nas montanhas e resorts de praia já reabertos.

Em quatro regiões onde é necessário registro na chegada: Sardenha, Sicília, Apúlia e Calábria. Em toda a Itália, máscaras devem ser usadas em espaços públicos internos. Não é obrigatório ao ar livre, exceto no caso da pessoa não conseguir manter uma distância de segurança; a única exceção é a Lombardia, para a qual a máscara é obrigatória também ao ar livre (exceto durante atividades esportivas).

Existem 5 regiões italianas onde as máscaras são obrigatórias ao ar livre 24 horas por dia: Sardenha, Sicília, Campânia, Calábria e Lazio. Todos os cidadãos estrangeiros que chegam à Itália podem usar o aplicativo Immuni, criado pelo Ministério da Saúde e pelo Ministério da Inovação Tecnológica para limitar a disseminação do Covid-19. A Enit informa ainda que viajar para a Itália é permitido livremente, sem necessidade de justificar os motivos da viagem e sem a necessidade de isolar-se para:

Cidadãos de países da UE, com exceção das pessoas que entram/voltam dos seguintes países: Croácia, Grécia, Espanha, Malta e algumas regiões da França (Auvergne, Rhone-Alpes, Córsega, Hauts-de-France, Ile-de-France, New Aquitaine, Occitaine, Provence-Alps-Cote d’Azur): viajantes destes países devem apresentar um atestado de realização de teste molecular ou antigênico, com resultado negativo em até 72 horas após a entrada na Itália. Como alternativa, podem fazer o teste molecular ou antigênico na chegada ao aeroporto ou na fronteira (onde possível) no prazo de 48 horas a partir da chegada.

Bulgária e Romênia: os viajantes desses países devem ficar em quarentena e apresentar um relatório: eles podem chegar ao seu destino final na Itália apenas por meio de transporte privado. Cidadãos de países que fazem parte do acordo de Schengen e cidadãos do Reino Unido, Andorra, Mônaco, San Marino e Cidade do Vaticano.

Qualquer pessoa que tenha permanecido em um país diferente dos mencionados 14 dias antes de sua entrada na Itália, terá que se isolar por 14 dias. Para medidas a serem aplicadas a países específicos não incluídos nesta lista, a Enit recomenda visitar o site na página de informações sobre viagens do Ministério das Relações Exteriores da Itália. “Em todos os casos, quem entra na Itália vindo de qualquer país estrangeiro deve preencher um formulário e entregá-lo ao pessoal do meio de transporte escolhido ou à polícia local caso seja pedido”, informou a agência. O formulário pode ser baixado deste link.

Bares e restaurantes

Máscaras devem ser usadas quando você entrar e sempre que se levantar da mesa. A temperatura corporal pode ser medida na entrada; pode ser necessário higienizar suas mãos; pode haver diferentes rotas de entrada e saída. É preciso esperar para ser levado à sua mesa. Alimentos e bebidas podem ser pedidos no balcão, mas é preciso manter uma distância de pelo menos um metro de outras pessoas. Quanto aos restaurantes, recomenda-se reserva.

Praias e resorts

A temperatura corporal pode ser medida ao entrar em resorts de praia. É preciso esperar para ser levado ao seu guarda-sol (recomenda-se reserva). Dentro de um clube de praia, é preciso manter uma distância de pelo menos 1,5 metro de outras pessoas. Nas praias livres é necessário manter uma distância de pelo menos 1 metro; os esportes coletivos que podem levar à aglomeração de pessoas estão proibidos.

Hotéis e acomodações

Ao entrar em hotéis, pousadas, albergues e apartamentos, a temperatura corporal pode ser medida e pode ser necessário limpar as mãos com gel desinfetante. Em áreas comuns e elevadores, é necessário manter uma distância social de pelo menos 1 metro (não é necessário para membros da mesma família, pessoas que moram juntas ou ficam no mesmo quarto). As máscaras devem ser usadas nas áreas comuns internas, enquanto não são necessárias ao ar livre.

Lojas e empreendimentos

Em lojas, shoppings, mercados, salões de beleza e cabeleireiros, é preciso usar máscara durante toda a estadia e manter uma distância de 1 metro de outras pessoas. A entrada pode ser limitada, pode haver scanners térmicos para medir a temperatura e pode ser necessário higienizar as mãos. Enquanto esperam, as pessoas precisam manter uma distância de segurança. No caso de salões de beleza e cabeleireiro, é preferível a reserva.

Escalas e transporte

As escalas por avião, navio e estrada para outros países da União Europeia, países do acordo de Schengen e Reino Unido estão liberadas. Conexões para outros países não são possíveis até 30 de junho. Em ônibus, balsas, navios e trens, é sempre necessário usar uma máscara, manter uma distância de segurança com estranhos e ocupar apenas os assentos especificados. O número de passageiros pode ser limitado.

Museus e centros culturais

Antes de entrar em museus, arquivos e bibliotecas, a temperatura corporal deve ser medida e você pode ser solicitado a higienizar as mãos. O acesso pode ser limitado a um número máximo de pessoas: você precisa esperar na fila pela sua vez mantendo uma distância de segurança e seguir as possíveis rotas especificadas. Uma máscara deve ser usada durante toda a visita. Aqui está a lista atualizada dos museus da Itália que estão abertos.

Aluguel de carros e equipamentos

Em estabelecimentos de locação de veículos ou aluguel de equipamentos, é preciso usar uma máscara, a temperatura corporal pode ser medida e pode ser solicitado higienização das mãos. Pode haver rotas guiadas para evitar uma reunião de pessoas. No caso de aluguel de bicicletas, carros ou outros equipamentos, pode ser necessário higienizar as mãos ou usar luvas.

Cinemas e teatros

O acesso a cinemas, teatros e arenas para shows pode ser limitado e exigir reserva. As pessoas que esperam na fila devem manter uma distância de segurança e seguir rotas especificadas. No interior, a temperatura corporal pode ser medida e pode ser necessário higienizar as mãos. Só pode sentar-se onde indicado mantendo uma distância de pelo menos um metro dos demais espectadores (com exceção de familiares, casais ou grupos de amigos). Os espectadores devem usar máscara durante todo o espetáculo (exceto crianças menores de seis anos).

Parques naturais e de diversão

Quanto aos parques de diversão, zoológicos, feiras de diversões ou parques aquáticos, a entrada pode ser limitada a um número máximo de pessoas. As pessoas que esperam na fila devem manter uma distância de segurança de 1 metro e seguir um caminho forçado. A temperatura corporal pode ser medida e pode ser necessário higienizar as mãos (antes de entrar e sair de qualquer parque de diversões ou playground). Quanto aos parques de aventura, as pessoas devem manter uma distância de 2 metros ao praticar esportes e higienizar as mãos antes de usar capacetes ou equipamentos alugados. A máscara é sempre obrigatória (com exceção dos parques aquáticos).

Festivais e feiras

Ao entrar em festivais e feiras comerciais, a temperatura corporal pode ser medida e você pode ser solicitado a limpar as mãos com um gel desinfetante. Pode haver sinais direcionais no solo e diferentes pontos de entrada e saída. Você deve manter seu assento designado e manter uma distância de pelo menos 1 metro de pessoas fora de seu grupo ou família. É obrigatório o uso de máscara.

Guias turísticos e de escalada

Os guias turísticos e os guias de escalada só podem trabalhar com grupos pequenos. Nos passeios com guias turísticos, deve-se usar máscara e manter uma distância de segurança de pelo menos 1 metro dos demais participantes. Antes de iniciar atividades esportivas, a temperatura deve ser medida e você pode precisar higienizar suas mãos. Você não pode trocar equipamentos, roupas, alimentos ou bebidas. Durante toda a atividade, deve-se manter uma distância social de dois metros. Para escalar, o giz líquido à base de álcool é preferível.

Boates

O acesso às boates é limitado: é preciso manter uma distância de segurança de pelo menos 1 metro enquanto espera na fila. Na entrada, a temperatura pode ser medida e pode ser solicitada a higienização as mãos; pode haver rotas de entrada e saída separadas. Uma máscara deve ser usada em ambientes internos e externos, quando você não puder manter uma distância de pelo menos um metro. Não é permitido beber no balcão