1. Home
  2. DESTINOS
  3. Presidente WTTC diz que é um absurdo as regras para turistas na Inglaterra

Presidente WTTC diz que é um absurdo as regras para turistas na Inglaterra

0
0

 

Glória Guevara, presidente e CEO do Conselho Mundial de Viagens e Turismo (WTTC) classificou como “um espectáculo absurdo” as exigência das regras de viagens em Inglaterra, Escócia e País de Gales, criando um caos ao turismo que precisa muito da ajuda e compreensão das autoridades.

“O WTTC compartilha a perplexidade dos turistas britânicos e daqueles que trabalham no sector das viagens e turismo, com o espectáculo absurdo de regras de quarentena completamente diferentes em Inglaterra, Escócia e País de Gales”, começou por dizer Gloria Guevara num comunicado.

As políticas diferentes para quem regressa de Portugal e da Grécia para estes países “está a criar o caos”, argumentou. “Mostra confusão, desconfiança e prejudica ainda mais seriamente a credibilidade do governo aos olhos do público”.

Gloria Guevara considera urgente “restaurar a confiança para viajar” e sublinha que “é vital que tenhamos uma resposta devidamente coordenada em todo o Reino Unido, que as pessoas – e o sector das viagens e turismo – possam entender e ter confiança”.

Na sua opinião, as quarentenas obrigatórias à chegada “são prejudiciais, inúteis e têm um impacto económico devastador”.

Gloria Guevara, não ficou só nas critica, mas também elogia o pacote de 500 milhões de libras lançado pelo governo britânico para realizar testes de covid-19, considerando que será mais barato que o prejuízo económico gerado pelas quarentenas generalizadas, devido ao impacto no emprego dos que dependem do sector das viagens e turismo.

O governo britânico anunciou na semana passada que Portugal continua na lista de países seguros, pelo que os viajantes procedentes de Portugal podem entrar em Inglaterra sem ter que cumprir 14 dias de isolamento.

Já o País de Gales e a Escócia retiraram Portugal dessa lista.