1. Home
  2. CONEXÃO
  3. BRASIL
  4. EcoPark com animais silvestre atrai turistas no Nordeste do Brasil

EcoPark com animais silvestre atrai turistas no Nordeste do Brasil

0
0

Tudo começou com duas araras e um tucano, que ficavam na varanda da Pousada Sol e Mar, no distrito de Barra Grande em Maragogi, município do Estado de Alagoas e o destino mais procurados pelos turistas no Nordeste do Brasil.  As aves atraiam a atenção dos turistas que passavam e começaram a atrair cada vez mais turistas e passando a ser roteiro do city tour e também da rota dos passeios de buggy. Fo assim que surgiu o EcoPark Sol e Mar, uma das grandes atrações do turismo no Litoral Norte de Alagoas, que abriu suas portas no dia 5 de agosto desse ano.

O empresário e mergulhador profissional, Murilo Loureiro, logo foi procurado pelos órgãos ambientais, que para que investisse em um local mais amplo, para que todos pudesse ver as aves. Depois o incentivaram a transformar o local em um abrigo para animais silvestres vítimas de maus tratos, e que não tinham mais condições de ser reintroduzidos na natureza. Um desse animais é um tamanduá mirim, que é cego e não poderia jamais ser colocado de volta nas matas.

“O que me levou a decidir pela criação do EcoPark Sol e Mar foi principalmente meu amor pelos animais, que chegavam aqui mutilados, depressivos, ou estressados devido aos maltados que haviam sido submetidos pelo homem”, disse ele. “Esses animais apreendidos pelos órgãos ambientais, não tinham para onde ir e não podiam ficar nos locais para onde foram recolhidos. Por isso iniciei o projeto, com o incentivo e o apoio de todos”, relata ele.

 

“Aqui é um abrigo, um refúgio para esses animais vítimas da maldade humana. Aqui podem viver com carinhos e todos os cuidados necessários”, disse ele que mantém uma equipe de um médico-veterinário, um biólogo e vários colaboradores especialmente treinados para cuidados animais e aves.

 

Hoje o local abriga cerca de 200 espécies, desde repetíeis, aves e um gato do mato, que juntamente com um macaco são os xodós do “Tio Murilo”, como é chamado pelas crianças que visitam o EcoPark Sol e Mar.

 

Murilo tem a presença 24 horas do biólogo John Soares, que acompanha do todo dia o funcionamento do empreendimento, que funciona de domingo à domingo das 9 às 16 horas. Entrada é paga, sendo R$ 15,00 para visitantes de cinco a 17 anos e R$ 30,00 para adultos. O local está sendo ampliado e deverá até o final anos novos “hospedes”, inclusive uma onça pintada que está para chegar, perfazendo um total de 250 animais.

 

O EcoPark Sol e Mar faz parte da Pousada Sol e Mar, que hoje é uma das mais procuradas da região porque fica uma das Praias badaladas de Maragogi, que é Barra Grande. A instalação do empreendimento é atualmente a novidade do destino turístico, que Maragogi, que tem como carro chefe os passeios às piscinas naturais e os mergulhos nos corais, que também é realizado pela empresa que administra o empreendimento, ou seja é um pacote completo.