1. Home
  2. CIA
  3. AÉREAS
  4. TAP tem presidente interino oriundo da própria empresa

TAP tem presidente interino oriundo da própria empresa

0
0

 

 

O Governo Português anunciou um nome para assumir interinamente a presidência da TAP. Trata-se de um executivo do quadro da companhia aérea, Ramiro Sequeira, que trabalha na empresa há 3 quatros. Segundo uma fonte da TAP, os representantes do Governo têm procurado no mercado internacional, executivos para assumirem o comanda da empresa, mas esbaram na falta de qualificação e limitação do pagamento de salários.

A novidade nos casos que envolvem o futuro da TAP está nas novas declarações do ministro Nuno Santos, que agora defende a contratação de uma equipe para gerenciar a companhia. “O Estado não vai gerir a TAP, vai ser contratada uma equipe. Vai ser feito um processo de seleção tal como normalmente é feito por um acionista privado. Haverá uma equipe qualificada para gerir a TAP”, disse.

Enquanto isso, a empresa continua com boa parte da frota em solo, perdendo rotas para os concorrentes, e o pior sofrendo com decisões desconcertadas do próprio Governo Português, que fechou a fronteira com o Brasil; o maior cliente de passageiros da TAP, ao mesmo tempo, que contraditoriamente, anunciou a volta dos voos para os aeroportos brasileiros, a partir do dia primeiro de agosto. O ato foi considerado uma nota “desafinada” dos governantes. Foi como mandar os aviões as voarem vazios.

Atualmente o Brasil é um mercado responsável por 1,2 milhões de passageiros para TAP, por ano, além de possibilitar voos para todas regiões do maior país da América Latina, dominando o mercado e consolidando Lisboa como o Hub.

Quem é?

Ramiro Sequeira é oriundo da espanhola Ibéria e chegou a TAP em 2018. O executivo recebeu a missão do Governo Português de administrar o processo de reestruturação da companhia aérea portuguesa e elaborar o relatório de viabilidades para Comunidade Europeia, para ser apresentado em outubro deste ano; como exige os termos do empréstimo de 1,2 bilhões de euros.

A saída Antonoaldo Neves da presidência havia sido anunciada no dia do fechamento do acordo com o acionista brasileiro/norteamericano David Neelman, mas só seria concretizada quando fosse pago os 55 milhões de euros, previsto para acontece até dia 2 de agosto.

 

A previsão da saída de Antonoaldo do comando da empresa, era o dia 10 de agosto, quando deverá ocorrer uma assembleia para eleger o ex-CEO da TAP, presidente da companhia brasileira Azul, que foi escolhida pela TripAdvisor, como a melhor do mundo em 2020. Segundo uma fonte da Azul, a empresa tem um projeto estratégico para voar para o Porto, oferecendo voos para América Latina.