Home DESTINOS Portugal investe dois milhões de euros para atrair turistas

Portugal investe dois milhões de euros para atrair turistas

0
0

O Governo Português não perdeu tempo e iniciou ações de marketing para atrair turistas, tendo como grande gancho o motivo de ser o destino mais seguro e barato na Europa para se fazer turismo. Uma das primeiras ações foi realizada através de uma entrevista do primeiro-ministro António Costa, na rede internacional CNN, onde o parlamentar enfatizou que Portugal foi um dos países europeus que mais testes realizou e que apresenta melhores indicadores no controlo da covid-19.

 

Além disso foi lançada a  campanha «TuPodes, Visita Portugal», apresentada pelo presidente do Turismo de Portugal, Luís Araújo, representa um investimento de dois milhões de euros, vai estar em exibição até ao final do ano, com o lançamento de um filme protagonizado por turistas de várias nacionalidades, que já visitaram Portugal e que apelam para que os Portugueses se deixem contagiar pela vontade de explorar os sons, as paisagens, a cultura ou a gastronomia do país.

 

António Costa destaca à cadeia de televisão norte-americana, que em Portugal foi celebrado um protocolo entre as autoridades de saúde e os representantes da hotelaria nacional no sentido de garantir condições de segurança e de higiene a quem visitar o país.

 

“Portugal foi um dos países que mais testou por milhão de habitantes e apresenta números de confiança. Ora, a confiança é um fator essencial para a escolha do destino de férias», sustenta o primeiro-ministro.

 

Na notícia, com cerca de três minutos, o repórter da CNN Fred Pleitegen assinala que o turismo português foi duramente atingido pela pandemia de covid-19 e acrescenta que a economia portuguesa é das mais dependentes face à procura turística.

 

Logo a seguir, aponta também que Portugal foi dos países que mais cedo se confinou para combater a propagação do novo coronavírus e que as autoridades portuguesas são vistas como um caso de «sucesso» no controlo da pandemia.

 

Na reportagem, além de se mencionar que quem chega ao aeroporto de Lisboa passa por verificação de temperatura e responde a algumas perguntas sobre a situação de saúde

 

Na apresentação da nova campanha do Turismo de Portugal, o primeiro-ministro deixou uma mensagem tendo então como alvo o mercado interno. António Costa convidou os portugueses a fazerem férias dentro o país, aproveitando o privilégio de visitarem ou redescobrir o país que por três anos consecutivos – 2017, 2018 e 2019 – foi considerado o melhor destino turístico do mundo.

 

O Governo Português sabe que será preciso fazer praticamente todo um trabalho de pelo menos cinco anos e atrair turistas, como os brasileiros que constitui o segundo maior púbico visitantes, perdendo apenas para os chineses. Contudo a diferença é que os brasileiros compram bastante enquanto os chineses não.

 

“Temos de proteger a nossa saúde, mas temos também de proteger os rendimentos, o emprego e as empresas e de fazer viver estes territórios, que fazem de Portugal o melhor destino do mundo e que dependem muito de haver ou não haver turistas», declarou ainda o primeiro-ministro”, finalizou.

 

Antes, o ministro da Economia e da Transição Digital, Pedro Siza Vieira já tinha enfatizado a mensagem de que esta oportunidade de os portugueses serem turistas no seu país e também uma oportunidade para se investir nas comunidades nacionais, nas empresas portuguesas.