1. Home
  2. CONEXÃO
  3. BRASIL
  4. Portugal inicia treinamento para certificado Clean & Save

Portugal inicia treinamento para certificado Clean & Save

0
0

 

Os Estados Unidos e da Comunidade Europeia estão formalizando um certificado, que segue um protocolo médico/sanitário para garantir a segurança da saúde dos turistas, seguindo um cronograma internacional que está em andamento para o retorno das atividades turísticas já a partir de junho.

Na Europa a hotelaria já formalizou um protocolo com certificado “Clean & Save” que inicia, na sexta-feira, 8 de maio, um programa de formação online, destinado a Empreendimentos Turísticos, Empresas de Animação Turística e Agências de Viagem e Turismo que pretende sensibilizar estas empresas para os procedimentos mínimos de limpeza, higiene e medidas básicas de prevenção e controlo da COVID-19.

Com certificado e de inscrição gratuita, a formação tem uma duração total de 3 ou 4 horas (consoante o tipo de empresa), repartidas por duas sessões e será limitado a 250 participantes por ação.  Esta vai estar disponível em vários horários durante as próximas semanas. “Pretende-se que no final do programa de formação, os participantes tenham delineado um esboço do Protocolo Interno de atuação relativo ao surto Covid-19 e adaptado à sua organização”, explica o instituto público.

Brasil

Os operadores de turismo internacionais tantos brasileiros, como internacionais que operam com o Brasil estão preocupados com a demora na apresentação dos protocolos médico/sanitário para atividade turísticas, já que isto poderá atrasar ainda mais a volta do setor a normalidade.

A assessoria do Ministério do Turismo (MTur), procurada pelo Portal tripseek. news, informou que estão trabalhando uma proposta de protocolo médico/sanitário nacional, para garantir aos turistas garantias de saúde, através de um certificado, nos transportes e equipamentos de hospedagens.

Segundo a assessoria do MTur uma proposta de protocolo está sendo preparando e deverá ser apresentando na próxima semana para o trade turístico nacional. No momento, segundo ainda a assessoria do Ministério, as últimas semanas o ministro tem se dedicado a buscar liberar recursos de socorro financeiro ao setor.