Home DESTINOS Projeto de enoturismo entre Castela, Leão e o Douro

Projeto de enoturismo entre Castela, Leão e o Douro

0
0

 

O vinho tem sido uma fonte de inspiração para muita negócios, e em Portugal e não poderia ficar de fora do roteiro de enoturismo. Contudo uma proposta diferenciada surge com a região autónoma espanhola de Castela e Leão. O grupo Turismo do Porto e Norte de Portugal (TPNP) anuncou ações conjuntas para promover os destinos do Douro e seus vinhos com aquela região da Espanha.

 

O projeto pretende a médio prazo, a médio prazo, pretendem elaborar um “inventário dos recursos turísticos do Douro”, criar uma “marca turística conjunta” do território, e “organizar um evento tendo o vinho como fio condutor”. Para médio e longo prazo foi também assinalada a importância económica e de combate à desertificação que a reativação da ligação ferroviária internacional entre o Porto e Salamanca poderia ter para ambas as regiões.

 

Será também planejado um calendário de eventos transfronteiriços de interesse turístico para o público em geral, bem como gizar um calendário de promoção nacional e internacional do destino Douro para fomentar os negócios entre empresários entre Norte de Portugal e Castela e Leão fazem também parte dos planos.

 

Segundo o presidente da TPNP, Luís Pedro Martins, o mais importante é a vontade de  fazer uma promoção internacional deste território e também permitir que, do lado de Castela e Leão, possam fazer a ativação da sua marca dos eventos em Portugal, assim como também os eventos do lado espanhol.

 

Estrela Torrecilla, presidente do Turismo de Castela e Leão, reforçou, por seu turno, a importância do rio Douro como um “laço de união” entre as duas regiões e que passa por cinco das nove províncias de Castela e Leão, atravessando um território “muito variado até chegar ao Porto”. “Trata-se do rio com mais vinhos premiados do mundo e com mais património da UNESCO do mundo” disse.