Home CONEXÃO BRASIL TAP apresenta operacionalidade dos voos Lisba/Maceió

TAP apresenta operacionalidade dos voos Lisba/Maceió

0
0

Antes mesmo de completar um mês do lançamento dos voos diretos Lisboa/Maceió, a companhia aérea TAP realizou na capital alagoana, a primeira reunião com o trade turístico alagoano, com o objetivo de capacitar os empresários para as operações comerciais de vendas que serão realizadas.

A ação da TAP demonstra que tem pressa em dinamizar as vendas, que nos primeiros dez dias, já atingiram o número de cerca de 1.500 passagens entre Lisboa e Maceió, em menos de 15 dias de iniciadas reservas.

 

Segundo o gerente geral da TAP no Brasil, Mário Carvalho, isto demonstra que destino é bom e tem tudo para crescer. “A surpresa é que tem mais portugueses vindo que brasileiros indo”, informou ele. Nos gráficos de fluxos de passageiros da TAP – nos voos para outros destinos no Brasil – partindo de Lisboa, geralmente o número de brasileiros é maior que portugueses ou outros europeus.

O primeiro voo está agendado para o dia 12 de junho, (dia dos namorados e véspera de Santo Antônio Casamenteiro), data ideal para se dar um presente ao companheiro ou companheira, ou seja, uma viagem romântica a Portugal. Vale lembrar que nesta época as terras Lusas, oferecem uma grande programação junina, com muitas festas por todo país.

 

Dias e horários

Os voos serão semanais sempre às quartas, sextas-feiras e domingos com saídas de Maceió 22:45 horas com chegada às 10:35 horas, no aeroporto Internacional Humberto Delgado, em Lisboa.

Um diferencial, nestes voos e que está à disposição dos alagoanos – ou de quem escolha embarcar em Maceió – é o fato da TAP disponibilizar para este trecho os aviões A321 NEO LR, que compõem a nova frota da companhia.

“Esses aparelhos são os mais modernos na aviação civil. São confortáveis, econômicos e possuem e redução de produção de gás carbônico, seguindo as recomendações mundiais para redução do aquecimento global”, enfatiza Mário Carvalho.

Os aviões da TAP para Maceió, têm 171 lugares, sendo 16 na executiva, 48 na executiva extra e 107 na econômica. O espaço entre os bancos são os mesmos do A 330 e kit de midas é moderno, além de um novo cardápio gastronômico que inclui vinho, cervas, refrigerantes e duas refeições a bordo.

 

Satisfação dos empresários

O presidente do Maceió Convention & Visitors Bureau, Glênio Cedrin disse que os voos diretos Lisboa/Maceió é um sonho concretizado e fruto de um trabalho iniciado há 13 anos. Segundo ainda Glênio Cedrin, a vinda da TAP para Alagoas representa uma nova fase do turismo e o desdobramento de um novo cenário para o desenvolvimento do Estado, que passa a ser um destino turístico para os turistas europeus.

“Dentro desse contexto, outras atividades econômicas também vão ganhar com a vinda dos voos regulares internacionais, como por exemplo, a exportação de produtos alagoanos, assim como também de importação”, disse ele.

Outro setor que poderá também ganhar investidores será o imobiliário, com a chegada de compradores, já que o destino desperta o interesse devido às belezas naturais. Outros destinos que receberam os voos da TAP, se transformaram em mercados imobiliários de investimentos para os europeus.  Um exemplo foi Fortaleza e Natal, que receberam muitos investidores.

 

Conselheiro-Mor

Um dos empresários que mais comemorou os voos da TAP para Maceió foi Mauro Vasconcelos, fundador do Grupo de Hotéis Ponta Verde. “Temos hoje uma nova realidade e também uma grande responsabilidade de receber um fluxo grande de turistas do chamado primeiro mundo”, disse o “Conselheiro-Mor”, como é carinhosamente chamado pelos amigos. Visionário, Mauro Vasconcelos sempre acreditou que Alagoas iria brilhar para o mundo, como um dos melhores destinos turísticos da América Latina.

“Deus reuniu aqui tudo que tinha de lindo, começando pela Ponta Verde”, declarou ele sorrindo. O empresário hoje disse que é o momento para nova geração dar continuidade ao trabalho que foi iniciado há mais de 15 anos. “Alagoas tem uma vocação natural para o turismo. Essa atividade que tem a natureza como aliada, se preocupa com a preservação”, enfatiza ele.

“O turismo é hoje um dos setores que mais gera empregos diretos e indiretos em Alagoas e que vai crescer muito mais”, declarou ele. “É hora de todos nos unirmos para trabalhar com o objetivo de transforma nosso Estado, no mais procurado pelos turistas da Europa”, finalizou.