Home CIA AÉREAS Crise interna: Alemã Lufthansa pode comprar parte da TAP

Crise interna: Alemã Lufthansa pode comprar parte da TAP

0
0

 

 

 

A Companhia aérea alemã Lufthansa manteve-se em silêncio sobre as informações de que estaria adquirindo parte das ações da TAP. Em comunicando oficial a imprensa se limitou em dizer que não comenta especulações dos media.

A informação da aquisição de parte das ações pertencente ao empresário David Neeleman por parte da alemão Lufthansa veio à tona pelo jornal online ECO no dia 28 de novembro. A matéria informava que a Lufthansa é a companhia aérea melhor posicionada para adquirir a parte de David Neeleman, que juntamente com Humberto Pedrosa, do Grupo Barraqueiro, detêm 45% do capital da TAP, através do consórcio Atlantic Gateway.

 

As informações da intenção de David Neeleman vender a sua participação na TAP têm vindo a ganhar força nos últimos meses, principalmente depois dos maus resultados apresentados pela companhia aérea nacional e dos prémios pagos aos quadros da TAP, o que terá gerado tensão entre o empresário e o Governo, já que o Estado possui 50% do capital da TAP.

 

 

O empresário David Neeleman chegou a emitir um comunicado negando a intenção de vender a sua participação na TAP, garantindo que os acionistas privados da companhia aérea nacional continuam “comprometidos com o plano de crescimento

o que tem vindo a ser implementado”. Entretanto, segundo uma fonte ligada ao empresário ele estaria jogando uma cortina de fumaça para não atrapalhar as negociações.

Tanto assim que o comunicado de David Neeleman não fez cessar os rumores sobre a tensão existente entre o empresário e o Governo Português.

A crise interna existente na TAP e insatisfação do empresário português em continuar com as ações teria provocado também o interesse da companhia aérea a United Airlines tem vindo a ser apontada como uma possível interessada em ficar com a participação de David Neeleman, uma vez que a companhia aérea norte-americana conta com relações privilegiadas com o empresário.