Home CONEXÃO BRASIL O perfil do turista brasileiro e nova ferramenta digital que pode surgir

O perfil do turista brasileiro e nova ferramenta digital que pode surgir

0
0

Mozart Luna/correspondente no Brasil

O turista brasileiro (64%) quer viver experiências nos locais que vista, como pescar, nadar em rios e fazer trilhas em pequenos povoados, vilarejos e até florestas. 58% desses turistas também querem ficar fora das cidades, ou seja do perímetro urbano. Entretanto, o mais incrível é que 70% gostaria de vivenciar experiências de preservação ambiental, como por exemplo, ações de recolher plásticos do meio ambiente.

Os números foram revelados em primeira mão, no seminário “Turismo de Resultados”, realizado no Centro de Convenções de Maceió, pelo diretor de marketing da Booking , uma das maiores plataformas de vendas de hospedagem do mundo, o italiano Leonardo Saroni. O evento foi promovido pela Associação Brasileira da Industria Hoteleira, secção Alagoas (ABIH) com apoio da Sedetur, Sebrae, Banco do Nordeste, Senac, Prefeitura de Maceió e Grupo Amarantes.

O executivo comentou os números da pesquisa da empresa realizada este ano e que ainda não foi publicada. Os dados apontam um novo perfil do turista brasileiro e suas preferências foi comentado durante o evento. Esse novo desenho mostra um turista mais interessado em vivenciar a comunidade e que para isso 70% planeja a viagem reservando recursos. Contudo 77% ultrapassam o orçamento previsto e terminam gastando muito mais.

Os números reveladores não param por aí, indo muito mais além, apontando que para vivenciar experiências, esses turistas (42%) estão procurando ficar em hospedagens diferenciadas das tradicionais.

Com relação a definição do destino turístico, a opinião testemunhal dada por formadores de opinião como jornalistas, influenciadores digitais e até atores e atrizes famosos influenciam (22%), nesta escolha.

Facebook X Booking

Logo na abertura do evento o CEO da Booking, Leonardo Saroni, debateu com executivo do Grupo Amarantes (Salinas), Fernando Holanda no painel “Os caminhos para obter resultados no Marketing Digital”, mediado pelo jornalista Rodrigo Cavalcante.

No debate houve momentos de contrapontos interessantes, pois o executivo do Grupo Amarantes informou que 85% de suas vendas são realizadas diretamente e não pela Booking. Para isso o Grupo utiliza bastante duas ferramentas digitais de promoção dos hotéis como o Facebook e o Instagram. “Apenas a Pousada Olho d’água, tem boas vendas através da plataforma Booking”, disse Holanda.

A resposta do SEO da Booking veio logo em seguida dizendo que nem sempre o que os turistas desejam seja o hotel ancora mais visualizados nas plataformas, mas joias que estão guardadas no destino turístico.  Leonardo Saroni reconheceu que o Facebook, avançou bastante criando ferramentas de promoção de produtos, que são impulsionados.

Segundo ele as pesquisas mostram que 70% dos turistas desejariam ter à disposição um aplicativo, ou plataforma onde pudesse adquirir todo dos produtos turísticos de sua viagem. Estaria nessa informação da pesquisa, a nova “arma secreta” da Booking.

Seria uma nova plataforma digital de vendas, ampla e ágil, que buscaria incluir produtos de todas as áreas da atividade turística, desde serviços até as “vivencias de experiências”, já detectadas na pesquisa desse ano.

Vale lembrar que o projeto dessa nova plataforma, já havia sido comentado de forma discreta, durante a Bolsa de Turismo de Lisboa (BTL), em 2018, através dos executivos e operadores de viagens presentes. A nova plataforma estaria sendo gestada para ser lançada no próximo.