Home CONEXÃO BRASIL Presidente da Embratur se reúne operadores de companhias aérea nos EUA

Presidente da Embratur se reúne operadores de companhias aérea nos EUA

0
0

A melhoria da malha aérea brasileira, principalmente com voos vindo do exterior, é uma das principais bandeiras da Embratur (Instituto Brasileiro de Turismo). O presidente do Instituto, Gilson Machado Neto, esteve reunido com diversas empresas do setor na feira internacionais de turismo de negócios IMEX, sediada em Las Vegas, de 10 a 12 de setembro.

Acompanhado de Rafael Luisi, chefe da Assessoria de Gestão Estratégica da Embratur, Gilson apresentou as melhorias realizadas pelo governo do presidente Jair Bolsonaro, e alguns projetos, para fomentar o setor aeronáutico brasileiro e sua competitividade. Participaram das reuniões as seguintes empresas: Eva Air, Delta Airlines, Skyteam, Air Canada e Lufthansa.

“As empresas aéreas internacionais podem ter certeza que trabalhamos para conseguir as melhores condições possíveis para a sua atuação. Existe inclusive demanda crescente para o Brasil, ainda mais agora com a retirada de vistos para alguns países como Estados Unidos e Canadá”, afirmou Gilson.

Ele explicou algumas novidades, como a redução do valor do querosene e a permissão para 100% de capital estrangeiro em companhias aéreas. Raymond Wong, representante da norte-americana Eva Air, relatou que a empresa é membro da Star Alliance e estuda parcerias para fazer conexões no Brasil.

Já os representantes da Delta e Skyteam confirmaram que estão abertos a conversar sobre o incremento de mais voos para o Brasil. A busca por voos diretos, como Recife-Las Vegas, é um dos estudos a ser realizado.

A Air Canadá reforçou que entre dezembro deste ano e maio do ano que vem fará voos Montreal-São Paulo três vezes por semana. A alemã Lufthansa demonstrou entusiasmo em divulgar o destino Brasil em seus voos e estudar possibilidades de novas rotas.

O presidente da Embratur convidou as empresas para virem ao Brasil conversar com o presidente Jair Bolsonaro e debater de maneira mais concreta a melhoria da malha aérea brasileira.

Assessoria de Imprensa Embratur